05 de February de 2020 Por que o consumo da carne suína aumentou?

Por que o consumo da carne suína aumentou?

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), em parceria com o Sebrae e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (FNDS), identificou que os brasileiros passaram a consumir mais carne suína, registrando o crescimento de 30% nos últimos quatro anos no país.

O levantamento também apontou que em 2019, a carne suína se tornou a proteína mais presente nas principais refeições (almoço/jantar), sendo a única proteína animal que apresentou crescimento na indicação por profissionais da área da saúde desde 1994.

Mas, afinal, quais são os motivos para essa expansão?

Abaixo, listamos 4 das principais razões que levaram o consumidor brasileiro a adotar a carne suína com mais frequência na sua rotina. Confira!

   #QUALIDADE

A qualidade da carne suína é considerada um dos principais motivos que levaram à preferência na mesa dos brasileiros. Um fator que se deve muito aos cuidados ao longo de todo o processo produtivo, à valorização do bem-estar animal e também aos crescentes investimentos em tecnologia. Assim como é a produção Alegra, com um novo conceito de criação dos suínos, que integra ações técnicas e tecnologias de ponta durante cada etapa da produção, proporcionando um produto diferenciado e com qualidade premium comprovada.

   #PREÇO

Com o aumento do preço da carne bovina, os cortes suínos ganham ainda mais espaço no mercado, chegando a custar apenas um terço do valor quando comparados aos cortes bovinos. Uma proteína acessível, com um preço competitivo e excelente custo-benefício para o consumidor brasileiro, que em 2019 passou a consumir carne suína a cada 7,5 dias, enquanto em 2004 consumia 3 vezes ao mês.

   #SAÚDE

Cada vez mais a carne suína vem sendo recomendada pelos profissionais da área da saúde, como uma proteína que pode tornar as refeições mais nutritivas, devido a variedade de cortes mais leves, com baixos índices de gordura e colesterol. Tudo isso aliado à boas formas de preparo, a um processo de produção que segue padrões rigorosos de qualidade e também ao movimento do consumidor que busca uma vida mais saudável. Dessa forma, a saudabilidade ganha destaque e a carne suína consolida-se como uma ótima aliada para uma dieta mais equilibrada e cheia de sabor.

   #VARIEDADE

Os resultados do estudo também reforçam que o consumidor está mais atento às mudanças, buscando praticidade e conveniência no seu dia a dia. Acompanhando este cenário, o setor de suinocultura adaptou sua produção às novas tendências e padrões de consumo, oferecendo uma gama variada de cortes que se adaptam com mais facilidade ao cotidiano das pessoas. Assim como a linha Alegra, que conta com mais 80 produtos, entre cortes selecionados, cortes para churrasco, cortes fáceis e diversos outros.

Agora que você já sabe o motivo para tanto sucesso, que tal desfrutar de todos esses benefícios e se deliciar com a carne suína Alegra? Conheça a nossa linha completa e apaixone-se por esse sabor!

Fontes: Feed&Food, Suinocultura Industrial, C&O Agro.

Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades Alegra!

   

Comentários

Você também vai gostar das publicações abaixo: