01 de junho de 2021 11 dicas para fazer uma carne de panela mais saborosa

11 dicas para fazer uma carne de panela mais saborosa

Macia, quentinha e cheia de sabor. A famosa e caseira carne de panela, também conhecida como carne cozida ou carne ensopada, é simplesmente irresistível e traz aquela sensação de comida de mãe e de avó.   

O prato é tão popular e versátil, que para cada família existe uma receita de carne de panela. Sem contar que ela permite transformar cortes mais firmes em carnes extremamente macias, que chegam a desmanchar na boca.     

Aliás, combina muito bem com a dupla arroz e feijão e também dá match com purê, polenta, legumes, vegetais e massas, como macarrão ou pão.

Mas, para a carne de panela ficar absolutamente perfeita, sempre macia e temperadinha, independente da escolha do corte, existem algumas técnicas a serem seguidas. Os segredos estão nos detalhes, confira as dicas a seguir: 

Como fazer carne de porco na panela de pressão

Foto reprodução: Vovó Palmirinha

1. Qual corte escolher para fazer carne de panela?

A peça ideal para fazer carne de panela depende, basicamente, de dois critérios: sua preferência e o tempo que você tem para cozinhar. 

As carnes mais usadas são as chamadas “carnes de segunda”, que são menos macias e mais acessíveis. Mas você pode optar por cortes mais soltinhos também.

Para as carnes macias, você vai levar menos tempo de preparo. Para os cortes mais duros, será preciso cozinhar um tempinho a mais na panela. Se o corte tiver osso, ele ajuda a garantir um cozido com caldo mais espesso e saboroso.  

Também não há regra para qual corte de carne de porco escolher para fazer na panela de pressão. Os mais comuns são pernil, costela, sobrepaleta e lombo.

Mas vale sempre lembrar, que independente da escolha, você vai conseguir preparar aquela carninha super macia. Pode apostar! 😉   

2. Faço carne de panela na pressão ou na panela normal?

Foto reprodução: Casa Prática Qualitá  

Tanto faz! A única diferença é que a panela de pressão é muito mais rápida. O preparo vai depender da receita, mas costuma levar cerca de 40 minutos e consumir menos gás.  

Se você optar pela panela normal, é importante acomodar bem a carne no fundo dela e garantir que todos os pedaços estão cobertos pela água. 

Ahh, é preciso começar os preparativos com antecedência, pois a carne pode levar até 2h para ficar pronta. Então, não deixe para fazer em cima da hora. 😉

Você também vai gostar de ver:  
Como usar a panela de pressão de um jeito simples e seguro
5 receitas fáceis com carne de porco na panela de pressão

3. Corte a carne ainda crua e em cubos grandes

Cortar a carne em cubos pequenos pode deixá-la dura demais ou desmanchar facilmente.  

De acordo com os chefes de cozinha, uma boa medida é cortar a carne com lados com cerca de 3 cm, que é a famosa medida de dois dedos. 

4. Antes de cozinhar, sele a carne

Um dos segredos para reter o sabor e a suculência dos cortes, independente da forma do preparo, está em selar a carne. É basicamente dourar o corte no fundo da panela já com um fio de óleo aquecido.  

A carne estará selada assim que todos os lados (de todos os cubos) estiverem levemente fritos, formando a famosa crosta no fundo. É ela que irá ajudar a compor o sabor da receita.  

Vale lembrar que nesta etapa, muita gente também tem o hábito de fritar bacon picadinho. Afinal, ele deixa o molho ainda mais consistente, sem contar o sabor, né? Dá até pra imaginar! 🤤

Depois de selada, desligue o fogo, retire os cubos de carne e deixe o líquido na panela, pois vamos usá-lo no próximo tópico: o tempero.  

5. Utilize o caldo da carne para refogar o tempero

A base de tempero da tradicional carne de panela é composta por cebola e alho picados.   

Porém, você pode adicionar rodelas de cenoura, alho poró, pimentas frescas e os condimentos que mais forem de seu gosto, também chamados de temperos “duros”. Nesta etapa, vale adicionar ainda um pouquinho de sal.  

O importante é refogar o seu tempero no caldo da carne que sobrou. Assim, a mistura vai absorver melhor o gostinho da carne, deixando o prato ainda mais apetitoso quando for servido.

Dica extra: muita gente, antes de refogar os temperos, gosta de adicionar alguma bebida, como vinho, cerveja, conhaque ou cachaça, para misturar com esse fundinho. Essa escolha fica a seu critério mesmo ou da receita que você está seguindo.  

6. Coloque os temperos verdes depois de retornar a carne na panela

Com o tempero “duro” já refogado no molho da carne, coloque o corte de volta na panela e aí sim chegou o momento certo de colocar os temperos verdes quentes, como louro, pimenta, tomilho ou outras ervas frescas do seu interesse.

Já os condimentos considerados temperos frios, como a salsinha, cebolinha, coentro e manjericão, adicione apenas no final, quando você já desligou o fogo, para finalizar o prato.  

7. Pré-aqueça a água que você vai usar para fazer a carne de panela

Em qualquer tipo de preparo, a água fria, mesmo que em temperatura ambiente (como a da torneira), endurece as fibras da carne. Isso dificulta o seu cozimento, deixando a carne mais dura do que ela já é.  

A água quente relaxa essas mesmas fibras. Então, já sabe: para uma carne mais macia, adicione na panela a água já fervente. 

8. Qual é a medida certa de água para fazer carne de panela?

A medida certa de água para a carne de panela deve ser o suficiente para cobrir os cubos do corte e deixar dois dedos de água acima deles.  

Colocar água demais pode atrasar o processo de cozimento e até prejudicar o resultado final, já que a carne também soltará líquidos nesse processo. 

E colocar água de menos na carne de panela pode deixar a parte interna dos cubos mal cozida.   

9. Uso fogo alto ou fogo baixo para fazer carne de panela?

Se você escolheu preparar a carne na panela normal, escolha o fogo médio (cerca de 180°C) ao longo de todo o processo de cozimento.  

Agora, se a sua opção é panela de pressão, use o fogo alto até a tampa começar a apitar, depois deixe cozinhando em fogo médio. 

10. Cozinhe legumes junto com a carne de panela

Foto reprodução: Sweet and Savory

Adicionar batata ou mandioca ao cozimento, por exemplo, vai ajudar a incorporar mais aquele gostinho especial do caldo. Um sabor que seria impossível de alcançar quando elas são preparadas à parte.  

Se você optar por fazer em panela comum, descasque-as e as coloque na panela assim que a água começar a ferver. 

Na panela de pressão, quanto a tampa apitar, deixe a pressão sair e em seguida adicione os cortes dos legumes. Aí é só deixar cozinhando junto até o final do preparo.

11. Coloco molho ou não na carne de panela?

A carne de panela já proporciona um caldo super gostoso e suculento, formado pelo suco da carne com os temperos que você adicionou.

No entanto, se você quiser incrementar ou variar o sabor final do prato, é possível adicionar extrato de tomate ou usar tomate pelati.

Os chefs também gostam de colocar um caldo pronto no lugar da água, como o clássico mirepoix, que leva, cebola, cenoura e salsão, além de ervas frescas, como cebolinha, salsinha, tomilho e orégano. Fica a seu critério! 

Depois de todas essas dicas, agora você tem uma missão: escolher o acompanhamento ideal para a deliciosa carne de panela que você vai fazer.

Bom, por hoje é só! A gente se encontra lá nas nossas redes sociais: Instagram e Facebook 🙂

Fontes: Dicas de Mulher, Receitaria, eHow, Uol, Bom Gourmet, Mohamad Hindi.

Comentários

Você também vai gostar das publicações abaixo: